Header Ads

Das páginas para o cinema

Livros que, de tão bons e emocionantes para o público, houve a necessidade de eternizá-los no tempo através das imagens. Que leitor nunca quis, depois de ter lido e idealizado em sua mente a história de um livro, complementá-lo com os efeitos e musicalidade do cinema? Segue abaixo livros que, de tanto sucesso que causaram, ganharam sua versão a cores e movimento:


O Poderoso Chefão - Mario Puzo

Baseado no livro homônimo escrito por Mario Puzo, O Poderoso Chefão é a prova de que uma adaptação para os cinemas pode superar a obra original.








Silêncio dos Inocentes - Thomas Harris

O ótimo Silêncio dos Inocentes, vencedor de 5 Oscar em 1991, é uma adaptação da obra de Thomas Harris.






Harry Potter - J.K Rowling

Escrito por J. K. Rowling, a série foi aos cinemas e levou uma multidão de fãs. A franquia Harry Potter foi muito bem adaptada e estabeleceu recordes de bilheteria.






Drácula - Bram Stoker

Em Drácula de Bram Stoker, Coppola retorna à fonte original do mito, fazendo questão de manter o nome do escritor no nome da produção.






O Iluminado - Sthephen King

Frequentemente apontada como a melhor adaptação de Stephen King para as telas, O Iluminado cai muito bem como exemplo de que livros menores resultam em filmes maiores. Os fãs do escritor geralmente consideram O Iluminado como uma das obras mais fracas de King, mas que Kubrick conseguiu um ótimo resultado.






Estorvo - Chico Buarque

Ruy Guerra conseguiu uma proeza, figurar como diretor de uma das melhores (Estorvo) e também de uma das piores adaptações (O Veneno da Madrugada) literárias para o cinema. A que falamos aqui, Estorvo, é baseada no difícil romance de mesmo nome assinado por Chico Buarque.








O Senhor dos Anéis - J.R.R Tolkien

J.R.R. Tolkien foi o criador da fantástica Terra Média, cenário da trilogia O Senhor do Anéis, grande série de livros que foi muito bem adaptada por Peter Jackson nas telonas.






A Última Tentação de Cristo - Nikos Kazantzakis

Adaptação de um livro polêmico de Nikos Kazantzakis, A Última Tentação de Cristo rendeu muitas dores de cabeça para Martin Scorsese (Os Infiltrados) na época do lançamento. Tudo porque a tal última tentação foi tida como herege, por alguns conservadores de plantão.
Reviewed by Top Livros on 08:38 Rating: 5

Nenhum comentário

Total de visualizações de página

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Business

Flickr Images